fbpx

Alunos dos 8°s anos visitam vila Maria Zélia

Uma das primeiras Vilas Operárias do Brasil


Na quinta-feira, 17, os alunos dos 8°s anos visitaram a vila Maria Zélia, localizada no bairro do Belenzinho, na zona norte de São Paulo. É uma das primeiras vilas industriais do Brasil, que acomodava trabalhadores das fábricas aos arredores, principalmente empresas de tecelagens.

Tombada como patrimônio histórico, algumas casas preservam o modelo estrutural da época, outras foram reformadas.

O professor de história Juliano Sobrinho explica que a proposta da saída pedagógica é traçar comparativos entre a vila e a revolução industrial que teve seu início na Inglaterra, tema estudado pelos alunos em sua disciplina. “Outra proposta era que os alunos percebessem as transformações arquitetônicas que a vila sofreu nas últimas décadas e entender a organização social e seus espaços coletivos”.

Os estudantes dividiram-se em grupos e foram acompanhados por  monitores do local, que conduziram a visitação e fizeram uma explicação das nuances históricas de cada monumento.

Visitaram a Praça Jorge Street, nome do médico que se dedicou a indústria têxtil e fundou a vila. Além das residências a estadia era composta por uma antiga creche, farmácia (o boticário), alojamento para operários solteiros, escola para meninos e para meninas, a casa do prefeito da época, a capela São José e o ‘Centro de Memória Vila Zélia,’ que comporta alguns registros históricos, como fotos, maquetes e alguns maquinários da antiga sapataria.