fbpx

Alunos do Fundamental I visitam Lar de Idosos Casa Ondina Lobo

Ação do NUPS, em conjunto com o projeto de série dos 4°s anos, “ Memórias Literárias”


Alunos dos 4°s anos visitaram na terça-feira, 08 de outubro, o lar de idosos casa Ondina Lobo, localizada no Jardim dos Estados, em São Paulo. A ação faz parte do projeto de série “Memórias literárias”, em que os estudantes entrevistam pessoas para que possam fazer uma livre interpretação das histórias contadas pelos mais velhos. A segunda parte desse projeto contemplará entrevistas de seus próprios parentes, trabalho que será apresentado na Mostra Cultural. A professora Renata Leone conta que o objetivo principal é que os alunos possam aprender e valorizar as vivências dos idosos. “A visita atingiu seu propósito. As crianças criaram um vínculo com os idosos ao conversar com eles”.

Na primeira atividade da saída pedagógica, os alunos jogaram bingo com os idosos. Formaram grupos e os auxiliaram na brincadeira, o que proporcionou um clima descontraído. A cada “Bingo” que faziam levavam um bombom para os senhores e senhoras.

Em outra atividade, os alunos fizeram entrevistas com os moradores do lar.

As perguntas foram formuladas pelos alunos em conjunto com as professoras. Todos os grupos gravaram as entrevistas, pois esta parte do projeto será retomada em sala de aula e comentarão as percepções de cada criança.

A aluna Julia Tavares Guerreiro Cruz, do 4° C, compartilha que gostou muito da entrevista. “Foi legal. Eu me diverti muito e conheci a história da idosa com que conversei”. Sua colega de classe, Manuela Souza Pinotti, conta que os senhores são atenciosos e conversaram bastante. “A idosa que entrevistei era muito alegre, no final ela abraçou a gente”.

O professor de educação física, Stefano Bigotti, coordenador do Núcleo de Projetos Sociais do Ensino Fundamental I, comenta que uma das finalidades do projeto é aproximar os diferentes grupos sociais e culturais. “Nós estávamos com um grupo de 71 alunos, mas a relação e interação dos alunos com os idosos foi muito boa”.