fbpx

Visita à Mesquita da Misericórdia

Alunos conhecem mais sobre religião e entrevistam sheikh.


Como parte do Projeto Integrador de Série “Patrimônios e Heranças”, as turmas dos 7ºs anos visitaram, no dia 2 de abril, a Mesquita da Misericórdia, localizada em Santo Amaro.

Relacionado ao componente curricular História, a atividade teve como objetivo oferecer aos alunos a oportunidade de conhecer e conversar com um representante da Islamismo, além de conhecer o espaço de celebração dos praticantes dessa religião, pouco conhecida no Brasil.

Antes da visita à Mesquita, os alunos desenvolveram algumas atividades com o professor de História, João Marcello Almeida, que pediu aos estudantes que separassem notícias sobre os muçulmanos e observassem que, muitas vezes, a imprensa só fala da religião no contexto do terrorismo.

Na Mesquita, primeiro, os alunos escutaram versículos do alcorão e, em seguida, o sheikh Mohamad Albukai explicou o que a religião islâmica crê e ensina. Também foi esclarecido que a palavra islã significa paz, ao contrário do que muitas pessoas pensam.

Mohamad é sírio e está há oito anos no Brasil. Ele também contou aos alunos que os muçulmanos rezam cinco vezes por dia, por 5 a 7 minutos. Também comentou sobre o jejum que acontece sempre no 9º mês e que dura 30 dias.

Em seguida os alunos tiraram fotos do local e fizeram perguntas ao sheikh, referentes a ele, à religião e à mesquita onde estavam. Foram esclarecidas pelo sheikh dúvidas como se existe algum dia em que a oração seja especial, qual a parte mais difícil de ser muçulmano no Brasil, se existe machismo na religião, por que as mulheres usam véus para cobrir os cabelos, quantos muçulmanos visitam a mesquita diariamente, se existe uma direção correta para rezar, entre outras. As respostam foram anotadas em fichas.

O sheikh esclareceu aos alunos que, não necessariamente, os árabes têm que seguir a religião islâmica, e que todo mundo que tiver interesse pode ser muçulmano. A conversa durou um pouco mais de uma hora, e os alunos tiveram a oportunidade de entender que o islamismo também está inserido na nossa cultura, como afirma o professor João Marcello. “Eu achei bem legal conhecer a mesquita. Foi bem legal fazer perguntas ao sheikh”, afirma o aluno Francisco Scafuro, do 7º ano A.

Paralelamente, os alunos visitarão patrimônios árabes em SP, como restaurantes, museus, mesquitas e farão um guia cultural.

Durante o ano letivo, os alunos ainda conhecerão outras religiões e seus patrimônios, como o budismo e o catolicismo, presenciando parte da Festa do Divino no Estudo de Campo em Paraty.