fbpx

XIX Mostra Cultural Lourenço Castanho

Alunos do Ensino Fundamental II, Médio e EJA apresentam trabalhos para pais, professores e direção


No dia 28 de outubro, aconteceu na unidade do Ensino Fundamental II a XIX Mostra Cultural Lourenço Castanho. Alunos do Fundamental II, Ensino Médio e EJA apresentaram trabalhos para seus colegas, pais, professores, coordenadores e diretores. As atividades expostas são parte dos Projetos de Séries, das OFAS (Ofertas Formativas Ampliadas), das realizadas no Laboratório de Criação e do EJA (Educação de Jovens e Adultos). Também ocorreu a entrega dos prêmios do Concurso de Produção Textual, e os ganhadores presentes puderam explicar o processo de criação dos seus textos.

Os Projetos de Séries da escola partem de uma pergunta problema. Nesse ano, as perguntas do Ensino Fundamental II foram: ‘Como eu me relaciono com os problemas do mundo?’ (6º ano); ‘Como o passado se faz presente em minha vida?’ (7º ano); ‘Como conhecer o outro transforma o modo de me relacionar com o mundo?’ (8º ano) e ‘Em que medida sou produto do mundo e capaz de transforma-lo?’ (9º ano).

A coordenadora de série, Ariane Montoro, destaca a importância da Mostra para o Fundamental II. “Esse é o momento em que eles têm a oportunidade de compartilhar parte do conteúdo aprendido e também mostrar as produções que realizaram”, diz.

Por meio de colagens, imagens e registros, os alunos do 6º ano apresentaram as atividades mobilizadoras, investigativas e os momentos de sistematização para a elaboração do produto final. Também utilizaram a plataforma Sway para mostrar a reflexão gerada sobre o tema. O 7º ano produziu livros de memória, vídeos reportagem e guias turísticos, entre outros materiais, para apresentar o projeto. O 8º ano utilizou a Sala de Projetos para organizar a Exposição fotográfica “O meu olhar no seu”. Também compartilharam nesse espaço a troca de cartas entre eles o os alunos Chules, os experimentos da formação do espeleotema e muitas outras produções. Por fim, o 9º ano exibiu o minidocumentário “Brasília em nós: recortes e sínteses”; o vídeo “Lugares de memória na cidade, democracia e direitos humanos”; colagens com o tema “Eu no mundo e o mundo em mim”; desenhos “O quarto em perspectiva”; dialogos entre os grafites de Brasília e os painéis do Athos Bulcão e o Fanzine: etapas do desenvolvimento do capitalismo e aquarelas “Plantas do Cerrado”.

A 1ª série do Ensino Médio, que realizou seu estudo de campo em Ouro Preto e Mariana, apresentou os registros e narrativas por meio de exposições fotográficas e artísticas. Também foi possível prestigiar o trabalho de construção de jogos de tabuleiro, realizado no curso de Química, que apresenta o universo atômico, molecular e sua interferência no mundo. Também foi mostrado o projeto “Globalização e Territórios: usos e contradições”. Nas 2ªs séries, os Projetos Científicos estavam expostos, trabalho que introduzir o aluno no universo da pesquisa.

No Laboratório de Criação, trabalhos que misturam impressões 3D com jujubas, massinha de modelar e palitos compunham as produções do 8º ano, aliando conceitos físicos e matemáticos. Por outro lado, o Projeto ‘Caixas de Luz’, estabeleceu a interdisciplinaridade da matemática, das ciências e da tecnologia educacional.

As Ofertas Formativas Ampliadas (OFAs) se fizeram representar com trabalhos realizados nos cursos de Introdução à Robótica; Programação Scratch e Lourenço Craft: Minecraft. “É importante esse momento para podemos apresentar aos pais tudo que é feito na Escola fazer com que o aluno perceba a grande quantidade de conhecimentos de que se apropriaram ao longo da realização do projeto”, destaca o educador de informática, Rodrigo Lemonica.

Na OFA de Química, “Investigando o mundo químico e físico”, os alunos realizaram experimentos; na de Artes Visuais foram expostos desenhos com técnicas de gravuras, esculturas em argila, pintura e fotografia; no NUPS (Núcleo de Projetos Sociais) foi apresentado os momentos de integração e intervenção social em diversas realidades vivenciadas pelo Fundamental II e também as atividades de integração pelo “NUPS, Grêmio Estudantil e Graffiti & Desenho”; na oficina de Desenho Básico os alunos produziram obras com técnicas de luz em sombra, guache pigmetoso e aquarela e na de Bandas, os alunos se organizaram para apresentações musicais.

A oficina de Dança e Cultura, do Ensino Médio, apresentou coreografias desenvolvidas em aula. Os alunos da OFA oficina de percussão, do 7º ano, apresentaram a performance “Navio Negreiro”. Já os alunos do 8º ano trouxeram o “EmCanto”, apresentação desenvolvida nas aulas de música da série.

A mãe do aluno Leonardo Iorio (7º ano A), Simone Seixas, destaca a importância do evento. “Achei excelente a Mostra Cultura. Nós, pais, pudemos ver de perto o que eles aprenderam durante esse tempo, todo o engajamento dos alunos com o aprendizado e como eles querem mostrar tudo isso para nós e para os colegas. Esse momento é importante também, porque vemos todo o conteúdo que a Escola passa e o amadurecimento e crescimento das crianças com as oportunidades que a Lourenço oferece”, diz.

No EJA, os alunos trouxeram os conteúdos aprendidos em sala de aula, como assuntos de matemática, geografia e leitura para apresentar na Mostra. “Realizamos uma exposição por meio das atividades desenvolvidas pelos professores em ano regular para mostrar para a comunidade escolar. Nisso, selecionamos assuntos importantes, como o ‘alfabetização e censo do EJA’ para expormos na Mostra Cultural”, explica o professor voluntário, Sérgio Yamasaki.