fbpx

Patrimônios e Heranças

Alunos do 7º ano visitam a Mesquita do Pari


As turmas dos 7ºs anos visitaram a Mesquita do Pari, vinculada à Liga da Juventude Islâmica Beneficente do Brasil, para aprofundarem seus conhecimentos sobre o Islamismo. A atividade faz parte do projeto “Patrimônios e Heranças”.

Os alunos estudaram as diversas crenças que compõem o patrimônio religioso. “No primeiro trimestre, nós estudamos o islamismo, dentro da cultura árabe da Idade Média, que é a temática proposta no componente de História e começamos a ver as religiões como patrimônio. Então, os alunos puderam estudar diversas crenças e religiões, tais como: islamismo, budismo e catolicismo”, explica o professor de História, João Marcello Araújo.

Para se apropriarem sobre o tema, os grupos de alunos se dividiram para pesquisar a cultura árabe em São Paulo. “Alguns alunos visitaram outras mesquitas, enquanto outros foram para área da culinária, da literatura e trouxeram elementos que estão presentes na nossa cultura, na nossa cidade e que têm raiz árabe”, diz João. Além disso, o assunto também foi abordado no componente curricular de Artes e Língua Portuguesa. “Nas aulas de Português, os alunos leram o ‘Diário de Anne Frank’; na questão do judaísmo e em Artes, eles viram algumas manifestações das religiões no meio artístico e também estudaram a cultura afro-brasileira”, explica o professor.

Após pesquisarem, os alunos produziram um texto sobre a presença ou não da religião nas suas vidas.

A visita à Mesquita do Pari proporcionou uma vivência em que os alunos perceberam os símbolos do patrimônio religioso e viram o contato com a manifestação dessa crença e as suas mudanças e permanências ao longo do tempo.

Ao chegarem ao local, os alunos conheceram e fotografaram o espaço. Eles também preencheram o questionário de uma atividade proposta. Posteriormente, a turma conheceu o Sheikh Muhamed Barakat. “Nesse momento, eles puderam conversar com o Sheikh e tirar dúvidas diretamente com alguém que faz parte da religião”, destaca o professor.

A aluna Cora Bicalho, do 7ºB, diz que achou interessante a experiência. “Nós pudemos aprender coisas novas de uma religião diferente. Já tínhamos estudado em História, mas poder vir aqui e ver quem é da religião, falando sobre como funciona, é muito interessante. Gostei muito”.

Eduardo Cuperman, do 7ºC, destaca a arquitetura do local. “Já havia visto outra mesquita, mas não consegui entrar porque estava fechada. Hoje, foi muito legal ver por dentro todos os elementos e detalhes. Vivenciar tudo isso foi realmente muito legal”.

Em breve, os alunos irão para uma sinagoga e, posteriormente, em sala, eles conversarão sobre tudo o que foi visto. “Nós iremos relembrar todas as religiões estudadas ao longo do ano e que foram tidas com patrimônio. Veremos como promover uma aceitação maior, um convívio mais pacífico e como reconhecer as marcas dessas religiões no nosso cotidiano”, explica João.